fbpx

CuidadosConstipação em cães.

Assim como nós, humanos, constantemente temos problemas na hora de ir ao banheiro, nossos amigos peludos também podem sofrer com intestino preso. Muitas vezes a constipação é devida a um estilo de vida inadequado. Nossos amiguinhos nos dão sinais de que pode ter algo errado na hora fazer as necessidades, basta observar seu Pet e irá perceber se ele está com intestino preso. Normalmente eles começam a diminuir a frequência, intercalando dias ou até ficando vários dias sem defecar.  Ao defecar eles precisam fazer muita força para empurrar o bolo fecal, podendo até a chorar, indicando dor e desconforto. Fezes muito rígidas, em bolinhas, esbranquiçadas, esfareladas e até com muco e sangue também indicam distúrbios gastrointestinais. Depois de muitos dias sem evacuar o quadro clínico pode piorar, causando vômitos, desidratação excessiva e dor abdominal. É importante lembrar que não existe uma regra clara. O fluxo e quantidade de fezes depende de cada animal, tipo de alimentação, raça, tamanho, idade e até a rotina do peludo.
Mas o que pode causar constipação?
Existem vários fatores que podem causar esse desconforto. Como a falta de hidratação, grau de atividade física, estresse, idade, uso de medicamentos e até problemas crônicos de saúde. Dias muito quentes ou dias muito frios também podem interferir, fazendo com que peludo beba menos água. Além disso, fatores ambientais como mudança de casa, novos pet’s, local de defecar sujo e viagens podem deixá-lo estressado e ser um fator causador da prisão de ventre.

Como eu ajudo meu peludo a defecar?
Separamos algumas dicas para te ajudar a melhorar o trânsito intestinal do seu cão.

  •  Hidrate-o! Estimule seu peludo a beber água, oferecendo sempre água fresca, e quando sentir necessidade, ofereça também, caldos de carne ou até água saborizada.
  • Exercite-o! Leve seu cão para passear e estimule-lo a se exercitar, com brinquedos e caminhadas. O movimento estimula contrações no intestino do animal, que ajuda o bolo fecal a se movimentar pelo intestino do animal.
  •  Alimentação balanceada e úmida. Uma alimentação balanceada com a quantidade ideal de fibras e proteínas ajuda muito na digestão do animal. As fibras são peça fundamental na hora de fazer coco, elas ajudam a empurrar e facilitar a saída do bolo fecal.

Esse é outro ótimo motivo para oferecer alimentação natural ao seu animal: a dieta natural contém 7x mais água que a ração seca, e possui mais fibras, isso ajuda a mantê-lo hidratado e com as fezes sadias.

 

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Precisando de ajuda?