fbpx

CuidadosANSIEDADE EM CÃES

13 de janeiro de 2021by marketing0

Um cão ansioso pode significar muitos problemas para ele e seu tutor. Esta pode ser uma das condições mais desfavoráveis ​​para a vida e o comportamento saudáveis ​​dos animais. No entanto, nem sempre é fácil diagnosticar a ansiedade em cães, afinal, os sintomas podem ser muito semelhantes aos de várias outras doenças. 

Quando um cão ansioso começa a mostrar sinais, pode ser tarde demais para prevenir. Nesse caso, é necessário remediar com treinamento, adaptação e atitudes para deixar o cão mais confortável. Não é tão simples como parece, porque um cão ansioso precisa de ajuda e o mais importante é manter o equilíbrio. No entanto, ele não sabe disso e você precisará agir. Como você sabe, cada raça é única. Não é possível estabelecer um padrão de atividade. Por exemplo, o Pinscher Miniatura pode ter necessidades completamente diferentes do Labrador. Isso é algo a se considerar, afinal, tratar a ansiedade é um assunto sério!

No caso da ansiedade, várias coisas que o cão faz ou deixa de fazer afetam diretamente o seu corpo. Quer um exemplo? A relutância em comer é um sintoma típico de ansiedade. Imagine que um cachorro precisa se alimentar para manter a nutrição, mas não consegue. Agora, imagine este cachorro em um período de um, dois ou três meses. Sua saúde dificilmente pode ser mantida em dia e devido à ansiedade (mesmo que indiretamente), ele pode adoecer. 

Siga os sete sintomas mais típicos de cães ansiosos e procure tratamento o mais rápido possível.

1. Crie uma rotina para o cachorro

Devem ser tomadas medidas imediatamente após a chegada de um novo filhote. Defina um horário para as principais atividades do cão, como acordar, comer, brincar, dormir e caminhar. De acordo com especialistas, quando eles sabem o que vai acontecer todos os dias, a ansiedade canina é reduzida, o que cria uma sensação de autoconfiança. Além disso, rotinas adequadas podem ajudar a resolver alguns problemas, como o choro do cachorro à noite.

2. Acostume o pet desde cedo a lidar com a sua ausência

É muito difícil para um cão que está acostumado a passar a maior parte do tempo com seu tutor lidar com sua ausência. Muitos cães desenvolvem ansiedade de separação (uma doença que causa muita dor para os animais de estimação). Para evitar que isso aconteça, tente se acostumar com os cães desde a infância e passe algum tempo com você. Antes de sair, enriqueça o ambiente para distrair seus animais de estimação e evitar “bagunças” ao voltar para casa.

3. Passeie diariamente com o cachorro

Caminhadas são uma das melhores maneiras de drenar a energia de seus amigos. Além disso, são essenciais para estimular o contato social, tato, olfato e a visão dos animais de estimação, podendo garantir a saúde e a segurança dos pets, evitando assim os cães ansiosos.

Portanto, se você deseja aliviar os sintomas de ansiedade do seu cão, é recomendável que você caminhe duas ou três vezes por dia. 

Da mesma forma, para cães domésticos, substituir os comedouros comuns por brinquedos que gradualmente liberam comida e estimulam a procura de alimentos também pode distrair os amigos. 

A PET SAUDÁVEL conta com três incríveis sabores de petisco destinados exclusivamente para mordedores. 😉

4. Ensine truques básicos para o seu melhor amigo

A fadiga física é uma excelente aliada no combate à ansiedade canina, mas não se esqueça de promover o estímulo psicológico. Muito útil no dia a dia com um cão. As habilidades de ensino como “sentar”, “ficar” e “dar a pata” exigem o foco e a obediência do cão. Ao estimular a cognição, o treinamento pode ajudar a fadiga mental dos animais de estimação e reduzir a ansiedade.

5. Dedique um tempo do seu dia exclusivamente ao cachorro

Os cães são animais sociais e amam muito nossa companhia, e sentem falta quando não prestamos atenção neles. Nesse sentido, a falta de dedicação do tutor pode gerar ansiedade e maus comportamentos, como latir ou chorar para chamar a atenção.

Desde que você enriqueça o ambiente de maneira adequada, reserve pelo menos uma hora por dia para brincar com seu pet. Além de fortalecer a conexão entre eles, certos jogos como “esconde-esconde” também são muito adequados para cães ficarem cansados ​​e aliviam a ansiedade

6. Se necessário, procure um especialista

Algumas mudanças na rotina e em nosso comportamento são muito úteis para reduzir os sintomas de ansiedade em cachorro. Porém, há casos mais graves, em que um profissional deverá ser consultado. 

(Texto adaptado do site da Petz)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Whatsapp
Precisando de ajuda?